segunda-feira, 27 de agosto de 2018

[Podcast] Pensando RPG #174 - Momentos de suspense e de terror na minha última sessão de RPG...


Bom dia, RPGista!! Segue mais um podcast muito legal, contendo uma história de uma sessão de RPG muito maneira que tive nesse último final de semana! Além disso, aviso novamente ao pessoal que o podcast agora está também no SPOTIFY!! (clique e se inscreva)

Neste episódio, falo um pouco sobre conceitos importantes para se gerar tensão, suspense e terror no seu RPG. Para isso, falo sobre uma cena muito maneiro ocorrida em alto mar, dentro de um barco pirata, entre o grupo, um Bugbear, um demônio e uma possível entidade superpoderosa.

Duração: 19m26s
Baixar diretamente - Clique Aqui
Confira o podcast no Itunes - Assine Aqui
Acompanhe também no Spotify - Assine Aqui
Podcast Addict? Procure "Pensando RPG"
RSS Feed do Podcast (NOVO) 


BAIXE AGORA O APP DO SITE

Falado no Podcast





Confira e Participe




powered by TinyLetter

4 comentários:

  1. Momento raro em Leo.
    Normalmente tudo que eu planejo vai para o ralo nos primeiros 5 minutos, seja por inteligencia dos jogadores ( nesse caso nem ligo tanto ), seja por pura coincidência.
    Teve uma sessão de Mago a Ascensão, os jogadores entraram dentro de um apartamento aonde havia "mecanismos" do Deus Maquina.
    E a unica maneira de parar esse mecanismo era tacar fogo no apartamento, por razoes que não vou lembrar agora.
    O que aconteceu foi: mataram todos dentro do apartamento e para se livrarem dos corpos, tacaram fogo no apartamento.
    Todo o plano de invocação de um Anjo foi para o ralo por mera coincidência.

    ResponderExcluir
  2. Talvez você prefira não preparar nada. Acho até mais estimulante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Inclusive, quando joguei Rise of Tiamat, aventura pronta, pq queríamos testar, uma das melhores sessões, foi uma em que eu mandei um "fuck it" pro livro, aproveitei uma investigação que o ladino fez e tirou vinte e disse que havia uma caverna, dali em diante foi 100% improviso mesmo, com eles achando uma sociedade de gigantes no subterrâneo e tal. Foi uma das melhores sessões do Rise of Tiamat, hehehe, que não tinha nada a ver com o livro. E quando falo dos vários fios de trama, muitas vezes as sessões acabam indo pro lado beeeem improvisação, mas como tenho o mundo e personagens na cabeça, consigo levar legal. Por isso, nessa sessão, como não tinha tido tempo de ler o Rise of Tiamat para aquela dungeon que eles tinham andado, para eu não ficar toda hora parando pra ler, resolvi ir no 100% improviso. E foi muito legal!

      Excluir
  3. Eu quando mestro e planejo algo que pode acontecer e realmente acontece sem que eu tenha que forçar para aquela direção, quando os jogadores com toda a liberdade fazem uma série de coisas para que algo interessante aconteça acho muito divertido. Agora quando eu percebo que conduzi os jogadores para que tal coisa acontecesse eu fico decepcionado comigo mesmo porque algo que eu busco sempre é dar liberdade total para os jogadores fazerem o que quiserem, mesmo que o jogo fique chato.

    ResponderExcluir