sexta-feira, 20 de abril de 2018

[Podcast] Pensando RPG #155 - Armadilhas em Dungeons & Dragons, Escaladas e Aventuras Aquáticas


Bom dia, RPGista!! Hoje venho aqui com mais um podcast de Perguntas & Respostas para vocês. Hoje, trabalhando algumas respostas que eu estava devendo para um de nossos leitores!

Neste episódio, falo um pouco sobre Armadilhas em Dungeons & Dragons, como percebê-las? Que atributos e perícias cobrar de seus jogadores? Falo também sobre diferentes formas e desafios que são possíveis de se colocar em escaladas e também comento brevemente sobre aventuras aquáticas, perguntando para os ouvintes um pouco sobre suas aventuras e criações.

Duração: 21m40s
Baixar diretamente - Clique Aqui
Confira o podcast no Itunes - Assine Aqui
Podcast Addict? Procure "Pensando RPG"
RSS Feed do Podcast


BAIXE AGORA O APP DO SITE

Falado no Podcast


Confira e Participe





powered by TinyLetter

8 comentários:

  1. Desculpa perguntar por aqui, mas não sei se tem algum lugar para perguntas novas, eu entrei aqui pois foi a ultima postagem.

    Estava curioso por um tema e queria saber se isso já foi discutido por aqui ou quais as suas opiniões a respeito da cobrança da coragem, mas não apenas coragem de enfrentar monstros, por exemplo coragem para falar com um rei, coragem para ir ao palco do bardo onde todos tem suas atenções, é claro que eu entendo que no RPG é onde fazemos coisas que nunca faríamos na vida, mas as vezes a falta de moral só aparece no jogo quando alguém rola intimidar, ou contra um monstro aberrante, ou jogadores que escolheram interpretar personagens tímidos. Mas e momentos bobos, como uma bela dama solitária a banhar seus cabelos no rio de uma forma tão segura e particular, quase ritualística, na manhã neblinosa pouco antes da cidade acordar, e aquela figura bonita chega a testar a sua moral pois é de certa interromper o belo e harmonioso ao tentar falar com ela. Seria cobrar demais em um RPG tal dificuldade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito legal sua pergunta. Normalmente na maioria das sessões de RPGs não se lida com essa questão e todos os personagens dos jogadores são tão corajosos quanto os jogadores quiserem.

      Mas em alguns RPGs se tem regras para isso. Por exemplo em GURPS existe a desvantagem "Timidez" com testes para personagens tímidos conseguirem fazer certas coisas e regras para medo que os personagens possam sentir de monstros, as "Avaliações de Pânico".

      Sem dúvida você poderia criar algumas regras nesse sentido e usar nos seus jogos. O ideal seria conversar com os jogadores antes para ver se todos estão interessados nisso.

      Se você estiver jogando D&D 5e eu como mestre de um personagem tivesse a desvantagem (Flaw) Timidez eu iria fazer o personagem do jogador recuperar pontos de Inspiração quando essa timidez atrapalhasse os personagens dos jogadores. Mas acho que não iria impedir o jogador de fazer nada não.

      Excluir
    2. Acho que no caso de personagens de jogadores tímidos a forma mais comum do mestre lidar com isso seria o jogador fazer as rolagens de carisma ou outra rolagem social e no caso de falha o mestre descrever que o personagem ficou vergonha e na frente de uma pessoa bonita tremeu como se tivesse apenas dois anos de idade e falou mil bobagens e depois saiu de perto ou algo assim.

      Excluir
    3. Ha, eu também posto por aqui minhas perguntas, as vezes sai umas discussões legais com a galera xD

      Mas deixa eu ver se entendi seu ponto... Você quer modificar o comportamento dos PdJs (Personagens do Jogadores), dependendo da situação...? E essas situações seriam mais sociais do que de combate?
      Acho super valido porem tenho duas opiniões sobre isso...
      - Represente isso em forma de jogo, rola aquela jogada resistida de medo para dar uma desvantagem qualquer, seja menos pontos no dado ou paralisia. Só de oportunidade para os jogares resistir a desvantagem.
      - Os jogadores querem isso? Dependendo de quem esta na mesa, talvez isso tire um pouco da diversão dele.Tem um cara em minha mesa que dorme se não tiver combate na sessão.

      Excluir
    4. Eu levantei a questão nem por imaginar que esta rolagem seria algo cobrado o tempo todo, a menos que seja um personagem tímido, tal como o Marcelo citou GURPS, (só um adendo, achei legal a ideia de fazer o personagem recuperar inspiração assim) mas as vezes me parece muito irreal os personagens que tem coragem para tudo o tempo todo, e também acho irreal um cenário que só se intimida pelo medo e não pelo belo e admirável, concordando com vocês, não acho que impediria o jogador de agir, acho que talvez deixaria em um estado temporário, enquanto a situação durasse, uns debuffs de inteligencia e carisma, e claro, situaria o jogador de que o personagem dele está muito atrapalhado, com um pensamento atropelando outro. Acho que esse tipo de situação não só enriquece o roleplaying, mas até mesmo dá enfase ao cenário, eu gosto de focar nas minhas mesas que com destruição ou não este mundo é de encher os olhos, se não fosse bonito num sei se valeria a pena.

      E realmente, é importante combinar com os jogadores antes, mas eu mesmo não sou mestre para jogadores que só gostam de batalhas.

      Excluir
    5. Segunda eu devo voltar com podcasts mais nos horários corretos. E aí vou usar no de perguntas e repostas essas discussões.

      Excluir
  2. quanto a aventuras aquaticas, eu pessoalmente nunca cheguei a jogar, mas da para fazer uma aventura piratica, que pode ser complicado, mas tb tem planeshift: ixalan que tem um esquema mais exploratorio com tritoes, piratas e dinossauros, que pode ser interessante para uma aventura aquatica

    ResponderExcluir
  3. quanto a aventuras aquáticas, gostaria de recomendar o livro-jogo "Demônios das Profundezas":

    https://aventurasfantasticas.wordpress.com/books/livros/12-demonio-das-profundezas/

    Um dos melhores livros-jogos que eu já joguei, é quase todo debaixo da água.


    Aproveito para fazer uma pergunta para o podcast de Perguntas e Respostas:

    Como o mestre pode manter os jogadores engajados e interessados na campanha no intervalo entre as sessões de jogo?

    ResponderExcluir