sexta-feira, 8 de setembro de 2017

[Podcast] Pensando RPG #092 - Ideias para aventuras: Torvik e a Cidade Fantasma


Bom dia, RPGista! Nosso podcast com algumas ideias de trama está de volta!! Aqui falo também sobre a organização que tentarei para o cast a partir da semana que vem. Espero que curtam as ideias e as novidades. E, claro, quem ainda não comprou, compre aqui meu livro de fantasia: "Os Arautos dos Anciões: A caça a Orgoth". Enfim, segue a sinopse do cast de hoje!

Neste episódio, falo de duas ideias de trama diferentes, uma envolvendo uma confusão, em que um grupo de aventureiros ou guardas acham que o grupo de heróis é liderado por um vilão de nome Torvik e uma em que algo de muito estranho acontece em um pequeno e feliz vilarejo!

Duração: 13m17s
Baixar diretamente - Clique Aqui
Confira o podcast no Itunes - Assine Aqui
Podcast Addict? Procure "Pensando RPG"
RSS Feed do Podcast


BAIXE AGORA O APP DO SITE

Falado no Podcast




Confira e Participe




powered by TinyLetter

2 comentários:

  1. uma coisa que pode ser interessante para um clima de misterio seria eles estarem em uma casa abandonada que pararam la por causa d uma tempestade, dae de dentro da casa tem um choro de um bebe

    ResponderExcluir
  2. Iaew Leo!
    Fez muito bem em voltar com o podcast de tramas. Estava fazendo falta haha.
    Gostaria de sugerir uma ideia que tive a partir dessa trama da vila ''amaldiçoada''.

    De maneira análoga, o grupo ou personagem chegariam numa vila (ou cidade) e perceberiam uma felicidade estranha.
    As pessoas sorriem e tratam umas as outras como verdadeiros robôs, e eles acham um pouco esquisito.
    Até que, subitamente, eles escutam um esborrachar no chão, e quando visualisam, está o corpo de alguém, que pulou de um telhado ou varando. As pessoas ficam um pouco perplexas, mas os oficiais da lei logo tratam de dispersar o alvoroço.
    Nessa situação, o grupo estaria livre (no critério do mestre) para investigar o corpo na surdina, ou perguntar para um dos guardas o que estava acontecendo. Caso eles optem por perguntar, o guarda apenas olharia para ele(s) com aquela mesma cara estranha e sorridente, e iria embora. Mas o ideal é que, de alguma forma, o(s) jogadore(s) consigam alguma pista da morte do corpo, seja no corpo, ou investigando a cena.
    No dia seguinte, quando resolvem saber um pouco mais do incidente, percebem que ninguém mais se lembra ou sabe, como se nada tivesse acontecido.
    A questão é: "Que raios de cidade é essa???"

    Bem, espero que seja de ajuda esse ideia que tive, mesmo que não seja utilizada, que sirva de base para outra ainda melhor.

    FlW!

    ResponderExcluir