quarta-feira, 7 de junho de 2017

[Top Listas] Veja 3 razões pelas quais o RPG faz bem para você!

Quem joga RPG já sabe: estar com os amigos, interpretar e criar pode ser uma experiência única e extremamente agradável (tá, tudo bem, nem todas as mesas são tão maravilhosas assim). No entanto, em muitos lugares e em vários veículos de comunicação, ainda vemos, por muitas vezes, um preconceito presente contra essa que é uma de nossas atividades favoritas.

BAIXE AGORA O APP DO SITE

Todavia, isso é algo que vem mudando. A cada dia, com o site, vejo novos projetos e novos estudos (incluindo os acadêmicos) falando, na realidade, do benefício de se jogar RPG. Por isso mesmo, decidi listar três aqui que acho essenciais, especialmente no mundo atual em que vivemos, que é cada vez mais ligado, mas cada vez menos realmente conectado. As pessoas podem se falar a qualquer momento, mas companheirismo e conexões reais se tornam cada vez mais raros.



1) O Poder da Imaginação: Sim... essa era óbvia. Mas é extremamente importante se falar sobre isso, pois pouca gente entende o real poder da imaginação. Em um jogo de RPG, ao sermos forçados a criar inúmeras aventuras ou a interpretar determinado personagem, ao sermos forçados a imaginar as cenas e viajar por aqueles mundos e universos criados coletivamente, estamos fazendo algo intrinsecamente humano. Pois o ato de imaginar é algo que justamente nos diferencia dos animais. A capacidade do homem de imaginar, de visualizar e, deste modo, criar é exatamente o que demonstra a sua real capacidade cognitiva. É ao imaginar que utilizamos a inteligência que nos diferencia, que nos faz humanos. E é através da imaginação que, mesmo viajando por mundos fantásticos, conseguimos compreender melhor a nossa própria realidade, que conseguimos entender o próximo e que conseguimos evoluir como pessoas. Criatividade e imaginação são essenciais. E o RPG te trará isso com toda a certeza!

2) Habilidades Sociais: Saber se expressar, conversar e ouvir são também características importantes. Se sentir confortável no meio de outras pessoas, conviver ao máximo com pessoas com quem gostamos nos relaxa e nos faz bem, quimicamente bem, inclusive. No mundo de hoje, em que as pessoas se comunicam muito rapidamente de forma virtual, o RPG promove um encontro real entre as pessoas (mesmo que seja jogado online, pois por um determinado momento se para tudo que se está fazendo para se conviver com aquelas pessoas). E desses encontros "reais", que geram conexão, gera-se também bem-estar. Pois, como já dito, estar com pessoas com quem gostamos gera processos químicos que aliviam problemas crônicos de nossa sociedade, como ansiedade e depressão. Além disso, por ser um jogo que nos força a interpretar, pensar de forma diferente, a falar, o RPG treina habilidades sociais fundamentais para que as pessoas não só vivam bem em sociedade, mas tenham também uma maior capacidade profissional. Saber lidar com pessoas é fundamental. E, infelizmente, cada vez mais essas são habilidades pouco desenvolvidas.

3) Desacelerar e estar "presente"- Essa é uma característica que se soma às duas anteriores e que, na minha opinião, é simplesmente fundamental. Uma coisa que poucas pessoas entendem é que assistir televisão, jogar um jogo no computador, etc, não são coisas que realmente descansam a mente e o corpo. Há muitos estudos sobre isso. Estar presente, entregue ao momento, é uma das coisas essenciais para o seu bem-estar. E quando se joga RPG, se interpreta e curte com amigos ou conhecidos, você fica totalmente presente e investido naquele momento (por isso é sempre importante que os mestres não deixem os jogadores ficarem o tempo todo no celular). Pensem bem: por horas e mais horas algumas pessoas se sentam juntas, comem, jogam, inventam, criam e imaginam. E, naquele exato momento do jogo, o mundo desacelera. As duas mil tarefas que a pessoa tinha que fazer ficam de lado, são esquecidas, assim como problemas e preocupações. Há uma entrega total ao momento, à atividade executada por todos ali. E, por isso, como quando se tira férias, há um relaxamento, que é necessário e saudável, como dito anteriormente, para combater problemas crônicos de nossa sociedade atual (ansiedade, depressão, etc).

Enfim, eu poderia listar mais uma série de outros benefícios aqui. Mas queria ressaltar muito esses que coloquei acima. Acho importante, pois fica muito claro como a atividade de jogar RPG, de criar, de estar com pessoas de que gostamos, pode ser essencial para o seu e o nosso bem-estar. No caso de crianças então, um bom jogo de RPG pode ser crucial para um estilo de vida mais saudável, que fortaleça a mente e as habilidades sociais necessárias para um bom desenvolvimento pessoal.

Quer um bom livro de fantasia baseado em Dungeons & Dragons?? Então compre meu livro na Amazon! 




powered by TinyLetter

4 comentários:

  1. Que show ;D
    RPG de mesa é muito bom mesmo, fiz meu tcc sobre o ROLE-PLAYING GAME COMO MOTIVADOR DA APRENDIZAGEM DE ARTE.
    Pesquisando sobre barreiras do pensamento criativo, consegui relacionar essas barreiras ao RPG e demostrar como o jogo ajuda a supera-las. Além disso, pesquisei abordagens trans e interdisciplinares e o RPG de mesa seria uma ferramenta perfeita para relacionar diversas disciplinas.
    Enfim, só pra dizer que adoro RPG de mesa e que todos deviam jogar ;D
    se tiver interesse em ler, manda email ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, legal, legal. E claro que tenho interesse em ler sim! =)

      Excluir
    2. Po Laura, eu to pra iniciar um projeto de RPG como atividade suplementar em escolas. Já estamos vendo uma escola pra iniciar o laborat´rorio. Vc me passa teu contato? Pode me mandar seu TCC?

      Excluir
    3. Claro, me adiciona no face e pede por lá, é Laura Smiderle.
      Enquanto isso, vai dando uma olhada nisso:
      http://filescola.blogspot.com.br/2016/06/viagem-delfos-um-rpg-na-grecia-antiga.html
      depois q vi esse pessoal apresentando esse projeto sabia sobre oq ia ser meu tcc.

      Excluir