quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Pensando RPG #030 - Como construir seu próprio mundo: fábulas, misticismo e religião


Bom dia, RPGista! Hoje trago um podcast conceitual bem especial para vocês. E aproveito também para fazer uma pergunta sobre um tipo novo de interação ae que pode rolar com a galera. Enfim, segue a sinopse:

Neste episódio, falo um pouco sobre construção de mundos, continuando o podcast em que falei sobre a importância da geografia. Desta vez, no entanto, o foco fica nas diferentes culturas, nas fabulações, no misticismo e nas religiões.

Duração: 22m45s
Baixar diretamente - Clique Aqui
Confira o podcast no Itunes - Assine Aqui
Podcast Addict? Procure "Pensando RPG"
RSS Feed do Podcast


BAIXE AGORA O APP DO SITE 


5 comentários:

  1. Olha Leo, acho que seria legal esse lance das Lives, se bem que eu tenho dificuldade de ver lives kkkkk Mas seria legal sim!
    Poxa, que podcast sensacional! Muito bom mesmo ^,^ Qualidade é incrível!
    Esse lance da mitologia controlar a geografia é algo que pode ser extremamente explorado dentro não só do RPG, mas dentro da literatura também ^,^
    Tive algumas ideias boas graças ao Podcast, tá de parabéns Leo! ^,^
    Faz um podcast de criação de mundos focado em criação de culturas e povos, seria interessante vc dar dicas para criar cidades, impérios, reinos, tudo isso baseado em cultura... Acho que daria um ótimo podcast ^,^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser! Vai atrasar o podcast de perguntas e respostas pra segunda. Mas lá vou falar de um vídeo que soltei hoje, falando de um monstro e como usar. De repente dá pra fazer uns vídeos assim com alguns inícios de cultura e trama que a galera pode usar.

      Excluir
  2. Eu acho a discussão de criação de mundo super válida, acharia interessante perguntar a opinião de historiadores.

    A discussão sobre a geografia me lembra muito o jogo Civilization.

    Muito legal a análise de como o Tolkien criou o mundo dele.

    Eu prefiro chamar os jogadores para participarem da criação do mundo e desenharmos o mapa juntos. Prefiro ver o RPG como uma criação coletiva de histórias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Isso ae depende muito de quanto tempo temos. Às vezes iniciamos um novo e vamos conversando. Às vezes eu tenho que fazer fora pra já chegarmos jogando. Agora, mesmo quando crio mais fora do que com a galera por questão de tempo, na criação dos personagens o mundo muda muito. Em geral, eu crio uma base, eles se situam e aí, tendo uma noção de como é o mundo, criam os personagens. Nessa criação de personagens aí o mundo muda todo. Acho que é quase impossível criar um mundo de RPG unilateralmente. Não lembro quem falou, mas falou bem, que fazer RPG não é escrever um livro. Preciso lembrar onde li ou ouvi, pq é uma frase boa.

      Excluir